Gênero

Documentário

Tipo Curta Metragem/ Sonoro
Material original 35mm, COR, 8min, 219m, 24q
Data e local de produção 1973, Rio de Janeiro, Estado da Guanabara - Brasil
Argumento/roteiro Rachel Sisson
Produtor Renato Neumann Produções Cinematográficas
Produtor Associado  
Diretor Rachel Sisson e Renato Neumann
Diretor de fotografia Renato Neumann
Montagem Renato Neumann
Narração Paulo César Pereio
Laboratório Líder Cinematográfica

Estúdio de som

Helio Barrozo
Certificados  
INC  

 

Os conventos franciscanos do nordeste tiveram sua importância definida por Germain Bazin ao considera-los "uma das criações mais originais da arquitetura religiosa do Brasil", apresentando  "soluções inéditas, cujo desenvolvimento lógico pressupõe uma verdadeira escola de construtores pertencentes à Ordem"... sendo que "João Pessoa encerra esta evolução em verdadeira apoteose". O documentário mostra as principais dependências do Convento Santo Antonio - adro, galilé, nave, capela da Ordem Terceira, Casa de oração, claustro - e ,também, seus principais complementos decorativos - escultura, talha, azulejo, pintura - descritos e explicados através de trechos do Novo Orbe Seráfico Brasílico, de Frei Antonio de Santa Maria Jabotão, cronista setecentista da Ordem Franciscana e historiador do monumento, abordando sua fundação, as vicissitudes enfrentadas durante a ocupação holandesa - quando chegou a servir de "estelagem de hereges" - e os trabalhos dos quais resultou sua feição atual, à qual deve, segundo Bazin, o justo título de "une des plus magnifiques compositions architecturales de l'Amerique Latine, et 1'un des plus beax décors qu'aitproduit l'art rococó."